História

A paróquia é uma subdivisão territorial de uma diocese, dentro da Igreja Católica Romana. A palavra “paróquia” é também usada para se referir de um modo mais geral ao conjunto de pessoas que frequentam uma determinada igreja. Ela é, portanto, a certeza de que a Igreja Católica é una, é um corpo único, em que cada paróquia se constitui um membro que tem como função elevar e alimentar a fé dos cristãos, com a Palavra de Deus.

Na Igreja Católica a definição de paróquia é dada pelo Código de Direito Canônico que declara: « Paróquia é uma determinada comunidade de fiéis, constituída estavelmente na Igreja particular, e seu cuidado pastoral é confiado ao pároco como a seu pastor próprio, sob a autoridade do Bispo diocesano. » (Cân. 515 § 1º). Determina ainda o direito canônico que « toda diocese ou outra Igreja particular seja dividida em partes distintas ou paróquias. » (Cân. 374 § 1º).

“Paróquia é uma determinada comunidade de fiéis, constituída de maneira estável na Igreja particular, e seu cuidado pastoral é confiado ao pároco, como a seu pastor próprio, sob autoridade do bispo diocesano.” E o lugar onde todos os fiéis podem ser congregados pela celebração dominical da Eucaristia. A paróquia inicia o povo cristão na expressão ordinária da vida litúrgica, reúne-o nesta celebração, proclama ação a salvífica de Cristo, pratica a caridade do Senhor nas obras boas e fraternas”. (Catecismo 2179).De acordo com a Carta de São Paulo aos Efésios (2,19), os paroquianos, junto com seu pároco, são a “Família de Deus”, grupo social e espiritual que reza junto, canta junto, celebra com as mesmas intenções.

Logo, «a comunhão eclesial, embora possua sempre uma dimensão universal, encontra a sua expressão mais imediata e visível na Paróquia: esta é a última localização da Igreja; é, em certo sentido, a própria Igreja que vive no meio das casas dos seus filhos e das suas filhas». (Christifideles Laici, 26). Isso significa que a paróquia une fé e vida, através da Eucaristia e das pastorais; ela chega mais perto de cada cristão como santa e humana que é.

“Não podes rezar em casa como na Igreja, onde se encontra o povo reunido, onde o grito é lançado a Deus de um só coração. Há ali algo mais, a união dos espíritos, a harmonia das almas o vínculo da caridade, as orações dos presbíteros”.(São João Crisóstomos)

Conforme o Catecismo da Igreja Católica, 2226, “A paróquia é a comunidade eucarística e o centro da vida litúrgica das famílias cristãs; ela é um lugar privilegiado da catequese dos filhos e dos pais”. Isso porque ela é constituída na pessoa humana; tem suas falhas e limitações, mas é o lugar que Deus “edificou, sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, do qual Cristo é a Pedra Angular”, para nela vivermos e amarmos.

Interaja! Comente o conteúdo.